Rosângela Reis destaca importância de auxílio emergencial criado pela ALMG

Beneficiando mais de 1 milhão de famílias mineiras, o auxílio emergencial do Força-Família, no valor de R$ 600,00, a ser pago em parcela única às famílias com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa, inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), começa a ser pago nesta quinta-feira (14). Rosângela Reis destaca importância de auxílio emergencial criado pela ALMG.

Rosângela Reis destaca importância de auxílio emergencial criado pela ALMG. Beneficiando mais de 1 milhão de famílias mineiras, o auxílio emergencial do Força-Família, no valor de R$ 600,00, a ser pago em parcela única às famílias com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa, inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), começa a ser pago nesta quinta-feira (14). O benefício é resultado de um trabalho que os deputados estaduais mineiros iniciaram em janeiro deste ano, quando foi lançado o Recomeça Minas, plano da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para recuperar o desenvolvimento econômico e social do Estado.

A deputada estadual Rosângela Reis (PODEMOS), parlamentar que contribuiu para a criação do auxílio, destacou a importância do benefício. “Estamos falando de aproximadamente 1 milhão de famílias em estado de pobreza extrema. Em meio a uma conjuntura de graves adversidades, especialmente nos campos econômico e sanitário. Este auxílio, certamente, dará um fôlego a mais para os mineiros que mais precisam”, disse.

Terão prioridade para receber o auxílio as famílias que ainda não são beneficiadas com o Bolsa Família e as constituídas por mães solo e seus filhos. Para saber se você tem direito ao benefício acesse www.auxilioemergencialmineiro.mg.gov.br e informe o número do CPF ou do NIS (Número de Inscrição Social).

Rosângela Reis destaca importância de auxílio emergencial criado pela ALMG. ”Entre os vários ensinamentos que a pandemia nos deixa, considero que o principal é que só com efetiva fraternidade e união somos capazes de avançar rumo a melhores padrões de cidadania e valorização do ser humano”finalizou a deputada.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *