Assinatura para início das obras da Ponte Velha ocorrerá nos próximos dias

Rosângela e Fabiano Cunha obras Ponte Velha DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) concluiu a análise do projeto executivo das obras da chamada Ponte Velha, sobre o rio Piracicaba, entre Coronel Fabriciano e Timóteo. A expectativa é que a assinatura do contrato para o início da reforma seja realizada até a próxima segunda-feira (26). A informação é da deputada estadual Rosângela Reis (Podemos) que se reuniu na manhã desta quarta-feira (21) com o superintendente do DNIT-MG, Fabiano Cunha.

A reconstrução da ponte entre Coronel Fabriciano e Timóteo inclui as etapas de demolição, drenagem, pavimentação, sinalização, proteção ambiental e complementação. O prazo estipulado no contrato é de um ano para a realização da obra.

Segundo a deputada Rosângela Reis, uma grande mobilização regional de políticos, empresários, entidades e outros membros da sociedade foi realizada para cobrar as obras da ponte. Ela lembrou que a ponte foi pauta de muitas reuniões e audiências, desde 2013, para cobrar e reforçar a necessidade dessa obra. RELEMBRE NESTE LINK TODA AS AÇÕES DE ROSÂNGELA REIS PARA AS OBRAS DA PONTE VELHA

Uma destas ações, por exemplo, foi uma audiência pública realizada em 7 de julho do ano passado, em Coronel Fabriciano, quando o superintendente do Dnit em Minas, Fabiano Cunha, se comprometeu em lançar o edital para a contratação da empresa e reformar a ponte.

“Quero parabenizar a atuação do superintendente Fabiano Cunha que tem se esforçado pelas questões do DNIT em Minas, inclusive a BR381, além de manter o cronograma para a Ponte Velha, mesmo com os repasses irregulares. Em breve teremos avanços significativos. Vamos continuar acompanhando e cobrando a conclusão desta obra, que é tanto esperada pela população”, afirmou Rosângela Reis.

Com a reforma da “Ponte Velha” a expectativa é de melhoria no fluxo do trânsito na região, além de aumentar a segurança na travessia. Diversos acidentes já foram registrados no local, inclusive com mortes. A obra é uma antiga reivindicação da comunidade do Vale do Aço, tornando-se uma novela que ninguém gostava de acompanhar.

BR-381

A reunião entre Rosângela Reis e o superintendente do DNIT-MG, Fabiano Cunha, também abordou a duplicação e melhoria da BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares. Cunha informou que os lotes 1 e 2 da obra serão relicitados e as obras devem ser iniciadas em 2019. O primeiro trecho é entre Valadares e Belo Oriente e o segundo entre Belo Oriente e Jaguaraçu. Ambos os lotes tiveram o contrato reincidido em dezembro de 2016 com a ganhadora da licitação e aguardavam novo certame.

Atualmente, os trechos em andamento são o 3.1, entre Jaguaraçu e o Viaduto Prainha, e o lote 7, entre o trevo de Itabira até o trevo de Caeté, e a população já sente grandes avanços nas obras de duplicação.

 Confira o vídeo:

Um comentário

Comentários estão fechados.