Início / Notícias / Iniciada a busca de recursos para a construção das alças de acesso para a BR-381
Iniciada a busca de recursos para a construção das alças de acesso para a BR-381

Iniciada a busca de recursos para a construção das alças de acesso para a BR-381

Uma das principais demandas de infraestrutura do Vale do Aço, as alças de acesso para a BR-381, para interligar os municípios de Coronel Fabriciano e Timóteo, foi pauta de uma reunião nesta sexta-feira (29). O objetivo foi buscar recursos para a obra e o avanço em questões técnicas. Participaram do encontro a deputada estadual Rosângela Reis, o deputado federal Hercílio Coelho Diniz, o diretor-presidente da Fundação Renova, André de Freitas, além de representantes técnicos e lideranças da região.

A reunião, feita de forma online, deu o primeiro passo na interlocução entre diferentes órgãos para buscar um entendimento para a realização das tão sonhadas alças de acesso para a BR-381. Já nessa reunião, foram feitos ajustes em alguns pontos essenciais para otimizar o processo. Com êxito, a Renova garantiu que intervirá pelo projeto junto aos governos estadual e federal e demais órgãos competentes.

Deputada estadual Rosângela Reis e o deputado federal Hercílio Coelho Diniz discutem a necessidade das alças para a BR-381
Deputada estadual Rosângela Reis e o deputado federal Hercílio Coelho Diniz discutem a necessidade das alças para a BR-381

Segundo a deputada estadual Rosângela Reis, com o avanço das obras da LMG-760, entre o distrito de Cava Grande e a BR-262, é esperado um aumento do fluxo de veículos na via. Após a conclusão da pavimentação, Timóteo sofrerá vários impactos, como o aumento de acidentes, por exemplo.

“É preciso a construção das alças de acesso para a BR-381 e também outras medidas para haver essa estruturação e redução dos impactos”.

Rosângela Reis – deputada estadual

O deputado federal Hercílio Diniz, por sua vez, avaliou que as alças de acesso à BR-381 são essenciais para tirar o trânsito de veículos pesados por dentro do município e se colocou à disposição para levar a demanda até os órgãos federais, como o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

“Queremos avançar no pleito já nas próximas semanas e buscar uma solução para essa demanda crucial para o desenvolvimento urbano e econômico da região”.

Hercílio Coelho Diniz – deputado federal

o diretor-presidente da Fundação Renova afirmou que aguardava pelo contato para iniciar as tratativas sobre a construção das alças e entende a importância delas. Ele reforçou os investimentos que a entidade tem feito na reparação e compensação pelos danos da Tragédia de Mariana, em 2015. A Fundação Renova iniciará a interlocução com o Comitê Interfederativo (CIF) e também os órgãos federais responsáveis.

Uma das necessidades burocráticas apontadas também para a realização da obra é fazer alterações no zoneamento das áreas de proteção ambiental do Parque Estadual do Rio Doce.

Outra solução também é incluir a obra dentro do programa de concessão da BR-381, prevista para ser lançada ainda no primeiro trimestre deste ano, que incluíra a duplicação do restante da rodovia.

Saiba da luta da deputada Rosângela Reis pela duplicação da BR-381

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios *

*

Ir para o topo