Início / Atuação Parlamentar / Vivo estudará viabilidade técnica de antenas em sete cidades do Leste de Minas
Vivo estudará viabilidade técnica de antenas em sete cidades do Leste de Minas

Vivo estudará viabilidade técnica de antenas em sete cidades do Leste de Minas

A companhia Telefônica Vivo realizará estudos de viabilidade técnica e econômica para a instalação de antenas e melhorias de equipamentos para o atendimento de bairros, comunidades e distritos de sete cidades do Leste de Minas Gerais. As análises foram anunciadas pelo gerente da Divisão de Assuntos Institucionais da empresa, Fabiano Carvalho, em reunião com a deputada estadual Rosângela Reis e o deputado federal Leonardo Quintão. O encontro ocorreu em Brasília, na última quarta-feira (30), para debater a instalação de mais antenas e melhoria do sinal.

As demandas de melhorias de sinal de telefonia e internet para os locais pleiteados são resultados de conversas entre a deputada Rosângela Reis e a população e lideranças. As comunidades onde ocorrerão os estudos são nos municípios de Alvarenga, Raul Soares, Antônio Dias, Naque, Minas Novas, Açucena e Santana do Paraíso.

Somente após os estudos, ainda sem data prevista para serem concluídos, é que a Vivo vai avaliar se atenderá ou não as localidades. As melhorias neste setor são demandas antigas nestas comunidades, gerando grande reclamação com a falta e com a falha de sinal nessas localidades, que possuem população expressiva, com enorme necessidade do serviço.

Segundo a deputada Rosângela Reis, com a mudança do sinal de TV analógico para Digital vai haver uma melhora no sinal de telefonia e a empresa Vivo tem o interesse de expandir a comunicação em Minas. “Estamos recebendo muitos pedidos de instalação de antena nas comunidades. Foi dado o início com o Minas Comunica, que hoje está parado, mas ainda há muitos bairros e comunidades que necessita de chegar a telefonia. Além de ser um direito, tem também a segurança destes moradores do interior”, afirmou Rosângela.

Em Alvarenga, as comunidades atendidas são Alto Alvarenga, Alvarenguinha dos Pinhanos, Córrego do Cataca, Padre Ângelo e Olhos d’Água. Já em Minas Novas, os estudos ocorrerão nos distritos de Cruzinha, Lagoa Grande, Baixa Quente e Ribeirão da Folha.

Em Açucena, a análise será na região denominada Pompéu, que compreende as comunidades de Mirassol, Pompéu de Cima, Caeté, Lagoa, Quenta-Sol, Córrego dos Soares, Córrego dos Licos e Córrego dos Davi, além das comunidades vizinhas, Bamburral e Brejaúba.

Já em Raul Soares, os locais são os distritos de Bicuíba, Vermelho Velho, São Vicente da Estrela e Santana do Tabuleiro. No município de Naque, a comunidade do Córrego do 14 é a contemplada. Em Antônio Dias, as comunidades beneficiadas serão os distritos dos Leandros, Cocais das Estrelas, Porteira Grande, Baú, Mangorreira, Fazenda dos Assis, Comunidade Quilombola do Indaiá, Quilombola do Baú, Roseiras, Manso e São José da Barrinha.

E em Santana do Paraíso, o bairro Cidade Nova, assim como imediações com os bairros Parque Caravelas, Jardim Vitória, Bom Pastor, águas Claras, Residencial Bethânia e Industrial serão os contemplados. Nesta última localidade, a empresa já estabeleceu com prioridade e a antiga demanda deverá ser atendida em breve, já com a tecnologia 4G.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios *

*

Ir para o topo