fbpx
Início / Notícias / Secretário de Saúde anuncia Samu Regional e posto avançado do Hemocentro para o Vale do Aço
Secretário de Saúde anuncia Samu Regional e posto avançado do Hemocentro para o Vale do Aço

Secretário de Saúde anuncia Samu Regional e posto avançado do Hemocentro para o Vale do Aço

Grandes demandas da Saúde na região do Vale do Aço, como o Samu Regional, o Hemocentro e o aumento de leitos para o SUS, podem estar mais próximos de serem atendidas. Pelo é a promessa do secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, durante o Assembleia Fiscaliza desta terça-feira (15), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

A notícia foi comemorada pela deputada estadual Rosângela Reis (Podemos), que participou do debate e lembrou que os itens são necessidades antigas da região do Vale do Aço.

Durante a apresentação dos resultados e metas a frente da Saúde, o secretário Carlos Eduardo afirmou existe um projeto básico, já aprovado, para um Hemonucleo do Hemocentro para Ipatinga. No entanto, devido a crise financeira vivida pelo Estado, está em estudo a implantação de um posto avançado de coleta externa em Ipatinga.

“Este posto avançado de coleta de sangue será para substituir hemonúcleo e teremos a definição até o fim do ano”.

Carlos Eduardo Amaral – Secretário de Saúde

Samu Regional e leitos

A falta de recursos também afetou a implantação do Samu Regional. O processo chegou a ser feito, com a compra de ambulâncias e realização de concurso público, mas não foi implantado pelo Estado. Desde 2017, começou a ser estudada a sugestão da deputada Rosângela Reis, de integração entre os consórcios Intermunicipal de Saúde dos Vales (Cisvales) e Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência do Leste de Minas (Consurge), sendo o primeiro do Vale do Aço e o segundo de Governador Valadares e entorno.

O secretário de Estado de Saúde informou que a implementação do Samu do Vale do Aço está sendo alinhada com o Samu da região Leste, de Governador Valadares. “Foi feito o contato para a uma central única de regulação (entre os consórcios). Retomamos a implantação do Samu de Valadares, para dar sequência ao Samu do Vale do Aço”, adiantou Carlos Eduardo Amaral. A expectativa é que o serviço comece a operar em 2020.

Outro anúncio foi a negociação com o Hospital Márcio Cunha para o aumento da disponibilidade de leitos pelo SUS. A iniciativa desafogaria outras unidades regionais do Vale do Aço e reduziria a fila de espera para atendimentos.

Questionamentos

Durante o Assembleia Fiscaliza, a deputada Rosângela Reis questionou o secretário se a pasta possui algum planejamento para minimizar a situação das 261 obras de Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) inacabadas em Minas Gerais. Além disso, cobrou se existe um cronograma para a atenção da mulher no interior do Estado?

O secretário informou que existe um projeto de concluir aquelas que estão em estado avançado de obras e disponibilizar recursos para 20 unidades até o fim do ano. Outras estruturas estão sendo reavaliadas quanto a necessidade e local.

Quanto a atenção da saúde da mulher, Amaral destacou a existência de um programa ativo com atenção em rede e afirmou que há um esforço do Estado para manter o projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios *

*

Ir para o topo