fbpx
Início / Atuação Parlamentar / Rosângela Reis afirma que terá a missão de defender as políticas públicas e a fiscalização do Estado
Rosângela Reis afirma que terá a missão de defender as políticas públicas e a fiscalização do Estado

Rosângela Reis afirma que terá a missão de defender as políticas públicas e a fiscalização do Estado

O rompimento da barragem de Brumadinho foi o principal tema abordado pela deputada estadual Rosângela Reis (Podemos) no primeiro discurso dela no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), realizado na tarde desta terça-feira (12). A deputada estadual parabenizou a nova mesa diretora da Casa e o presidente da ALMG, Agostinho Patrus, pela eleição e desejou sucesso na condução dos trabalhos da Assembleia. Rosângela Reis também agradeceu aos 70.040 votos recebidos nas urnas nas eleições de outubro de 2018, que a levaram para o quarto mandato consecutivo. Ela ainda reafirmou que tem a missão de apoiar as políticas públicas, as instituições sociais do terceiro setor em Minas Gerais e fez novamente o compromisso de fiscalizar as ações do Estado.

Rosângela Reis lembrou como o rompimento da barragem de Mariana, em novembro de 2015, marcou a última legislatura e lamentou o novo desastre com o rompimento da barragem I da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, pertencente à empresa Vale.

A parlamentar afirmou que foi ao local para prestar solidariedade às vítimas e familiares e contou como foi a experiência. Ela também parabenizou o trabalho do Corpo de Bombeiros. Rosângela Reis alertou para a situação do Rio Doce, atingido pelo desastre de Mariana em 2015, e que até hoje não se recuperou da lama.

A deputada estadual cobrou regularidade dos repasses de impostos aos municípios mineradores e também comentou sobre como muitos municípios são reféns das mineradoras, pois dependem dos impostos pagos por elas para sobreviverem, como o CFEM e o ICMS.

Rosângela Reis ainda lembrou que foi autora do Projeto de Lei 4994/2014, que depois se tornou o PL 616/2015, aprovado pela ALMG, que estabelece a Política Estadual de Diversificação Produtiva dos Municípios Mineradores. O objetivo é criar condições e políticas públicas estaduais para, justamente, diversificar a economia desses municípios. “Precisamos tirar essa lei apenas do papel e colocar essas políticas em ações reais para dar mais alternativas a estes municípios mineradores”, afirmou.

Confira o discurso:

Ir para o topo