fbpx
Início / Notícias / Reforma do Aeroporto do Vale do Aço começa após período chuvoso
Reforma do Aeroporto do Vale do Aço começa após período chuvoso

Reforma do Aeroporto do Vale do Aço começa após período chuvoso

O início da reforma definitiva do Aeroporto Regional do Vale do Aço, localizado em Santana do Paraíso, está prevista para começar após o período chuvoso, provavelmente em março de 2020. A informação foi confirmada pelo secretário de Estado de Infraestrutura de Minas Gerais (Seinfra), Marco Antônio Barcelos, em uma reunião nesta quinta-feira (22), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

O encontro reuniu a deputada estadual Rosângela Reis, o deputado federal Hercílio Coelho Diniz, além dos prefeitos de Timóteo, Douglas Willkys, e de Coronel Fabriciano, Marcos Vinicíus Bizzaro, e empresários da região.

O objetivo do encontro foi apresentar um cronograma da reforma, que será realizado em parceria com o governo federal para a recuperação definitiva da pista, com recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), no valor de R$12,5 milhões.

Segundo Marco Aurélio Barcelos e a subsecretária da Seinfra, Mônica Salles Lanna, o governo estadual está na fase final de elaboração do edital de licitação, que será lançado em breve. A previsão de duração das obras é entre seis a oito meses.


O encontro reuniu a deputada estadual Rosângela Reis, o deputado federal Hercílio Coelho Diniz, além dos prefeitos de Timóteo, Douglas Willkys, e de Coronel Fabriciano, Marcos Vinícius Bizzaro, e empresários da região.

Ainda não se sabe se será necessário a interdição total dos voos durante a reforma, mas a proposta é que as obras ocorram em fases, dividindo a pista em duas partes, para permitir pelo menos os voos executivos.

A deputada Rosângela Reis agradeceu ao esforço feito pelo secretário da Seinfra e ressaltou a parceria com o governo do Estado nos projetos votados na Assembleia de Minas.

“Quero te agradecer pelo empenho, que tem nos dado essa direção para que possamos trabalhar o desenvolvimento do Vale do Aço”.

Rosângela Reis

Iniciativa privada no Aeroporto do Vale do Aço

Outro objetivo do Governo do Estado é incluir o Aeroporto Regional de Ipatinga no próximo lote de concessão do Governo Federal. A pista em Santana do Paraíso seria assumido pela iniciativa privada, integrando uma lista de aeroportos, sustentado pelo Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

O secretário Marco Aurélio afirmou que o esforço é para dar preferência aos aeroportos de Confins e de Ipatinga, além de redefinir o modelo de uso do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte.

Além, disso, dentro de aproximadamente um mês, a Secretaria de Estado de Infraestrutura também lançará uma consulta pública sobre os hangares no Aeroporto Regional. A ideia é coletar contribuições para o modelo ideal para a construção e uso dos hangares. O objetivo é licitar a concessão com o direito de uso dos espaços para empresários, que poderão construir e operar as estruturas por um determinando período de tempo.

Saiba o que Rosângela Reis fez pelo Aeroporto Regional do Vale do Aço

LMG-760 na pauta

Além do Aeroporto do Vale do Aço, a LMG-760 também foi discutida na reunião. Segundo o secretário Barcelos, houve uma tentativa de retomar a obra com recursos da Renova, instituição criada pela Samarco para tratar dos danos causados pela Tragédia de Mariana.

O objetivo agora é retomar a pressão sobre a Renova, para que os aportes sejam feitos na região dos Vales do Aço e do Rio Doce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios *

*

Ir para o topo