fbpx
Início / Notícias / População sugere providências por meio de consulta pública da ALMG

População sugere providências por meio de consulta pública da ALMG

BELO HORIZONTE – Valorização e capacitação dos professores; ações preventivas na área de defesa social; ampliação e melhorias no sistemas de esgoto dos municípios mineiros. Essas são algumas das sugestões que já foram colhidas, por meio da consulta pública do Fórum Democrático para o Desenvolvimento de Minas Gerais.

O evento, que a Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza entre os dias 15 e 24/2/11, tem o propósito de debater e obter contribuições de especialistas e da sociedade sobre dez temas relevantes para o desenvolvimento do Estado, e que devem subsidiar a atuação legislativa nos próximos anos.

A consulta pública é uma iniciativa que busca ampliar a participação da população. A questão central que vai pautar as atividades do Fórum Democrático é: O que deve estar na agenda da Assembleia de Minas para promover o desenvolvimento do Estado?. A pergunta pode ser respondida no site www.almg.gov.br. Por meio desse canal, a sociedade pode contribuir e dar sugestões sobre os assuntos prioritários para Minas Gerais.

Além da consulta pública, o Fórum Democrático também colheu contribuições dos deputados da 16ª Legislatura e de especialistas em cada uma das áreas que serão discutidas pelos expositores durante os encontros. Os dez temas que serão abordados no Fórum são: educação; cultura; esporte e juventude; saúde pública; assistência social; defesa social; desenvolvimento econômico e inovação; governança regional e urbana; meio ambiente e direitos humanos.

 

Vale do Aço

A Deputada Estadual Rosângela Reis (PV), ressaltou como importante a preocupação da ALMG em discutir temas que envolvem o cotidiano da população. “E é por aí que nós vamos nortear e propôr sugestões para que possamos trazer as reivindicações para dentro da Assembleia e encaminhar ao governo do Estado a fim de gerar políticas públicas”, disse.

A parlamentar acrescenta a importância que a população tem para este debate. Rosângela Reis, destaca como exemplo a necessidade de maior investimento na área da saúde na região do Vale do Aço e municípios vizinhos. “Necessitamos para aquela região ampliação de leitos, as construções imediatas das Unidades de Pronto Atendimento (UPA), uma política de incentivo para as micro e pequenas empresas tenham condições de criar mais empregos. Já os municípios menores necessitam de projetos de saneamento básico com maior investimento dos governos estaduais e federais. Em fim, são muitas necessidades que temos nesta região e que podem ser sugeridas pelo próprio cidadão por meio desta consulta pública”, finaliza.

Os interessados em participar do Fórum Democrático podem se inscrever por meio do site www.almg.gov.br ou pessoalmente, no Centro de Atendimento do Cidadão (Rua Rodrigues Caldas, 30 – Santo Agostinho). Quem não puder participar do evento pode dar sua contribuição por meio da consulta pública, também disponível no site até o dia 28 de fevereiro.

Ir para o topo