Início / Atuação Parlamentar / Plano com estratégias e metas para os próximos 20 anos no Vale do Aço é concluído
Plano com estratégias e metas para os próximos 20 anos no Vale do Aço é concluído

Plano com estratégias e metas para os próximos 20 anos no Vale do Aço é concluído

Um planejamento que identifica todas as deficiências e potencialidades da Região Metropolitana do Vale do Aço (RMVA), além de estabelecer políticas públicas e metas para os próximos 20 anos, foi concluído e entregue, na manhã desta sexta-feira (30), para a Agência Metropolitana do Vale do Aço. A cerimônia do documento, chamado de Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI) da RMVA, foi realizada no Campus da Unileste, no bairro Bom Retiro, em Ipatinga, e contou com diversas lideranças regionais.

Segundo o diretor interino da Agência RMVA, Humberto Lopes, o plano levou cinco anos para ser elaborado. Mais de 500 profissionais e técnicos participaram do processo. Todo o documento, com mais de mil páginas, foi desenvolvido pela Unileste, contratada pelo valor de cerca de R$ 2 milhões para criar o plano.

“O PDDI define quais a necessidades os municípios precisam executar, em um prazo de 20 anos, em todas as áreas, desde saúde, educação, lazer, segurança pública, cultura, habitação, meio ambiente, mobilidade urbana e etc, para conseguirem se desenvolver de forma integrada. São projetos, programas e ações conjuntas entre os municípios que terão efeito a longo prazo e tenham consequência na redução das desigualdades entre as regiões e desenvolvimento econômico e social integrado”, afirmou Humberto.

Após a entrega, o Plano Diretor agora segue para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), onde será submetido a discussão em audiências públicas e, posteriormente, para tramitação em forma de Projeto de Lei. Caso aprovado e se transforme em Lei, o PDDI ganha status de obrigação para os prefeitos da região metropolitana.

A deputada estadual Rosângela Reis (PODE), presente no evento, comemorou a entrega do PDDI e falou que muito já foi conquistado graças a integração dos municípios do Vale do Aço, como a padronização do DDD 31 e cobrança de chamada local para a telefonia, mas ainda há muito a ser feito.

“O PDDI dá direcionamento para onde devem ser aplicados os recursos e investimentos para toda a região. Nos colocamos à disposição. Vamos realizar as audiências públicas com ampla divulgação e participação da sociedade. Também mobilizaremos todos os deputados estaduais da Assembleia Legislativa, para que a tramitação seja rápida e o PDDI seja aprovado”, ressaltou a deputada Rosângela Reis.

 Confira o vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios *

*

Ir para o topo