Início / Atuação Parlamentar / Hospital Márcio Cunha receberá investimento em projeto de eficiência energética
Hospital Márcio Cunha receberá investimento em projeto de eficiência energética

Hospital Márcio Cunha receberá investimento em projeto de eficiência energética

O Hospital Márcio Cunha, de Ipatinga, vai receber recursos do governo mineiro para investir em um projeto de eficiência energética que prevê, entre outras ações, a troca de lâmpadas convencionais por equipamentos de tecnologia LED, de alto rendimento e baixo consumo de energia, e a substituição de aparelhos de esterilização (autoclaves) por equipamentos com maior capacidade.

A informação é da deputada estadual Rosângela Reis (PODEMOS), que destacou a parceria do governo de Minas com o HMC, que beneficia outros 79 hospitais, como de grande importância para modernizar e reduzir os custos com energia elétrica das unidades que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ela lembrou que desde outubro do ano passado vinha discutindo essas ações com a Cemig.

O convênio com o governo, que faz parte do programa “Energia Inteligente”, foi assinado na no dia 21 de junho, na sede da Cemig, em Belo Horizonte. A deputada informou ainda que alguns hospitais serão contemplados também com sistemas de aquecimento solar e outros terão sistemas próprios de geração própria de energia, o que deverá proporcionar uma economia estimada de 70% da energia consumida para banhos.

Trata-se de um programa que beneficia não apenas as unidades hospitalares, que economizarão nas suas contas de energia elétrica, mas também os médicos e enfermeiros, que terão melhores condições de trabalho, e os pacientes, que terão mais conforto e segurança”, observa a deputada Rosângela Reis.

MODERNIZAÇÃO

O Hospital Márcio Cunha foi um dos primeiros de Minas Gerais a ser contemplado pelo programa de modernização do governo estadual, junto à Santa Casa de Misericórdia de Diamantina e a Santa Casa de Belo Horizonte. A deputada anunciou que outros hospitais do Leste mineiro também deverão ser incluídos no programa, cujos investimentos deverão ter a primeira etapa concluída até o fim do ano.

De acordo com a deputada estadual do PODEMOS, a lavanderia do hospital também terá as secadoras substituídas por máquinas rotativas, com controle de tempo e temperatura automático, comando automático e digital de tempo e temperatura regulável. Além da redução do consumo, a medida permitirá economia de reposição de materiais, pois os novos equipamentos evitam o superaquecimento dos tecidos.

Os focos cirúrgicos, equipamentos de iluminação utilizados nos blocos cirúrgicos, serão substituídos pela tecnologia LED. Além de melhorar a iluminação nas salas, esses focos possuem câmera de vídeo e tela de alta definição, que permitirão aos hospitais realizarem procedimentos cirúrgicos de maior complexidade. Outra ação prevista no programa é a elaboração de planos de gestão de energia que estabeleçam metas, objetivos e estratégias para a redução do consumo e do planejamento do uso eficiente de energia elétrica.

APOIO

Rosângela Reis destacou que vem trabalhando na Assembleia Legislativa de Minas Gerais pela melhoria da saúde no Leste mineiro, e que esse programa de modernização e eficiência energética soma-se a outros projetos, como o que, em 2016, garantiu o repasse de R$ 1.384.206,30 para custeio do HMC e outros R$ 921.392,61 para o Hospital Municipal de Ipatinga, além de recursos para os hospitais de Bom Jesus do Galho, de Caratinga e de Belo Oriente.

Ir para o topo