fbpx
Início / Notícias / Encontro Estadual do PV e Rosângela Reis celebram o Dia Mundial da Água

Encontro Estadual do PV e Rosângela Reis celebram o Dia Mundial da Água

Para celebrar o Dia Mundial da Água, o Partido Verde lançou no último sábado, durante seu encontro estadual, em Belo Horizonte, o projeto que cria 39 coordenadorias regionais do PV de acordo com as sub-bacias hidrográficas do estado e também a Cartilha Verde, uma ferramenta que busca ajudar os integrantes a cobrar o cumprimento das leis que ajudam a organização popular.

O encontro teve a participação do ministro da  Cultura, Juca Ferreira; do presidente nacional do partido, José Luiz Penna; do presidente estadual, deputado federal José Aparecido de Oliveira; do secretario estadual de Desenvolvimento Social, Agostinho Patrús Filho, além de deputados federais, estaduais, vereadores, prefeitos e outros integrantes do PV. A deputada Rosângela Reis, que foi acompanhada por diversos representantes do partido no Vale do Aço, foi ovacionada.

 

COORDENADORIAS

As 39 coordenadorias serão criadas em sub-bacias do estado a partir de cinco grandes encontros regionais que serão realizados até o fim deste ano. O objetivo, segundo Rosângela Reis, é priorizar o enfrentamento das demandas ambientais ao longo das bacias e não as divisões políticas e territoriais. “Desta forma, será mais fácil também fomentar a criação das utivas municipais do PV onde elas não existem e fortalecer as que já foram criadas, dando-lhes mais autonomia”, explica. As cinco reuniões serão realizadas nas seguintes regiões: dos rios Doce e Paraíba do Sul; do Rio São Francisco; dos rios Grande e Piracicaba; dos Rio Paranaíba e dos rios Pardo, Jequitinhonha, Buranhém, Jucuruçu, Itanhém, Mucuri e São Mateus.

O encontro foi marcado ainda pelas chamadas uníssonas para o fortalecimento do partido, que já vem mostrando expressivo crescimento, de forma que ele venha a ter representantes em todos os cargos eletivos. O PV tinha um deputado federal, antes das últimas eleições, hoje tem quatro; não tinha nenhum deputado estadual em Minas, hoje tem sete; tinha um prefeito, hoje tem 14; tinha três vice-prefeitos, hoje tem 28 e tem 256 vereadores.

O presidente do PV, José Luiz Penna, convocou a todos os integrantes a virar a mesa que produziu 4/5 de pobres no planeta e dilapida seus recursos naturais, mas também a se prepararem melhor para as disputas pelo poder. O ministro Juca Ferreira lembrou que o partido precisa se afirmar politicamente para conseguir sensibilizar a sociedade em relação àquilo que defende, ou seja, o avanço da sustentabilidade, da justiça social e da democracia.

 

CARAVANA VERDE

Rosângela Reis destacou a presença de uma caravana de verdes do Vale do Aço no encontro e a importância de um partido que traz para a política uma questão que diz respeito a todos os cidadãos, que é o meio ambiente. Preservar a natureza é preservar o ser humano. Temos que cuidar de nossas matas e rios. Planejar e replanejar todas as intervenções urbanas para que os impactos ao meio ambiente sejam mínimos. A deputada elogiou Ipatinga, cidade com um dos maiores percentuais de área verde por habitante do Brasil e lembrou que faz parte da Comissão Interestadual Parlamentar de Estudos para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Doce.

Além dos encontros regionais em Minas, o calendário do Partido Verde já programou a sua convenção nacional, que será realizada em 3 de abril e um congresso programático, que acontecerá em junho, na cidade de Micarla de Souza, a única prefeita de capital (Natal) do PV.

Compuseram a mesa, além dos já citados, os deputados federais José Fernando Aparecido e Antônio Roberto; o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Agostinho Patrús Filho; o secretário adjunto de Meio Ambiente da PBH, Ronaldo Vasconcelos; os deputados estaduais Inácio Franco, Délio Malheiros e Rômulo Veneroso; os prefeitos de João Monlevade e de Conquista, respectivamente, Gustavo Patrini e Vera Lúcia Guardieiro e o provedor da Santa Casa de BH, Saulo Coelho.

 

Ir para o topo