Início / Atuação Parlamentar / Aeroporto do Vale do Aço volta a ter voos para a Pampulha
Aeroporto do Vale do Aço volta a ter voos para a Pampulha

Aeroporto do Vale do Aço volta a ter voos para a Pampulha

O Aeroporto Regional do Vale do Aço, em Santana do Paraíso, volta a ter voos para a Pampulha, em Belo Horizonte, a partir da próxima segunda-feira (20). A antiga demanda da região, uma das bandeiras do mandato da deputada estadual Rosângela Reis (PODEMOS-MG), será atendida pelo Programa Estadual Voe Minas Gerais, Projeto de Integração Regional de Minas Gerais – Modal Aéreo.

Os voos para Ipatinga ocorrerão às segundas, quartas e sextas-feiras. Os voos de Ipatinga são realizados em 40 minutos e custam R$ 350 (segunda e quarta) – R$ 370 (sexta). A aeronave utilizada é o modelo Cessna 208 Caravan, homologada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e foi fretada pelo Governo de Minas da empresa TWO-Flex, através de licitação pública. O avião oferece até nove lugares para passageiros.

Além do Aeroporto em Santana do Paraíso, outras cidades atendidas são Governador Valadares, Patrocínio e Piumhi. As passagens já estão disponíveis para compra pelo site do projeto, www.voeminasgerais.com.br, e nos aeroportos participantes.

Em nota, a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), que coordena o Programa Voe Minas, informa que “os voos oferecidos em Ipatinga, no Vale do Aço, e Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, têm como objetivo complementar os serviços já oferecidos pela iniciativa privada nessas localidades, que possuem grande potencial de demanda de passageiros para ligação com Belo Horizonte”.

A deputada estadual Rosângela Reis comemorou o atendimento da reivindicação feita em abril de 2017, junto ao presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), Marco Antônio Castello Branco, de incluir o Aeroporto Regional do Vale do Aço no Programa Voe Minas Gerais.

Segundo Rosângela Reis, a demanda de mais voos para o Vale do Aço é alta e a inclusão permitirá a redução dos preços das passagens cobradas pela iniciativa privada. “Em razão da existência de grandes empresas no Vale do Aço, inclusive multinacionais, e beneficiaria a sociedade civil e o empresariado local”, afirmou.

Manutenção da operação de aeroporto

Rosângela Reis liderou, em 2016, a mobilização pela continuidade do funcionamento do Aeroporto Regional do Vale do Aço. Ela foi até Brasília (DF), se reunir com representantes da Agência Nacional Aviação Civil, e apresentou um requerimento solicitando a permanência dos voos. A ANAC havia determinado a suspensão das atividades e a deputada estadual foi uma das lideranças que conseguiram reverter o quadro, preservando mais de 150 empregos.

Rosângela Reis e o presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, e o vice-prefeito de Ipatinga, Célio Aleixo, falaram sobre novos voos para o Aeroporto do Vale do Aço

Rosângela Reis e o presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, e o vice-prefeito de Ipatinga, Célio Aleixo, falaram sobre novos voos para o Aeroporto do Vale do Aço

O que é o Programa Voe Minas Gerais

O Voe Minas Gerais, Projeto de Integração Regional de Minas Gerais – Modal Aéreo, é uma iniciativa para promover o desenvolvimento econômico regionalizado. Com o Projeto, cidades mineiras tem ligação aérea com a capital. Com a redução da distância entre as cidades, os negócios regionais e o turismo vão decolar.

Mais informações pelos telefones (31) 3207-8888, (31) 98411-8635. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, de 8h às 18h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios *

*

Ir para o topo